EXTRUSORAS DE
PERFIS DE CONCRETO

Modelos de Perfis para Linha Mecânica e Hidráulica e
Traços de Concreto
Traços de Concreto
Traços de Concreto que recomendamos para uso em Máquinas Extrusoras de Perfis de Concreto IMB.

A) PARA ACABAMENTO SEM ARGAMASSA

CONCRETO = 15MPa (p/m³)
Areia de média para fina = 1.456kg
Brita Nº1 ou 19mm ou Pedrisco = 700kg
Cimento = 286kg
Água / aprox. 60litros = Slump 1+-1
Teor de argamassa = 72,0%
CONCRETO = 10MPa (p/m³)
Areia de média para fina = 1.402kg
Brita nº1 = 704kg
Cimento = 250kg
Água / aprox. = 100litros
CONCRETO = 18MPa (p/m³)
Areia de média para fina - seca = 1.387kg
Brita n.º1 = 700kg
Cimento = 300kg
Água = 100litros
Teor de Argamassa = 71,85%
CONCRETO = 22MPa (p/m³)
Areia de média para fina - seca = 1.343kg
Brita n.º1 = 680kg
Cimento = 371kg
Água = 100litros
Teor de Argamassa = 72,7%


B) PARA ACABAMENTO COM ARGAMASSA

(p/m³)
Areia de média para fina - seca = 1.380kg
Brita nº1 = 756kg
Cimento = 280kg
Água / aprox. = 80litros


CONCRETO - DADOS BÁSICOS
AGREGADO GRAUDO = BRITA = PEDRA BRITA
Somente de n.º 1 (nomenclatura brasileira) ou n.º 0 - diâmetro máximo 19 mm.
AGREGADO MIÚDO = AREIA
Média, dentro da faixa ideal de granulometria para concreto.
SLUMP 1 +- 1
TEOR DE ARGAMASSA IDEAL - 68% A 72%
OS TRAÇOS INDICADOS SERÃO ALTERADOS EM FUNÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS DOS MATERIAIS COMPONENTES DO CONCRETO
ARGAMASSA PARA ACABAMENTO
Para revestimento do perfil no acabamento final, utilizar nata (mistura de pó de pedra ou areia peneirada, com cimento e água) a ser depositado em caixa apropriada acoplada ao equipamento (caixa de argamassa na parte traseira da máquina).
DOSAGEM PROPORCIONAL DA MISTURA/NATA
cimento: pó de pedra ou areia = 1:4